Pessoas e a arte de ver Arte | Serralves18

10 junho 2018

Serralves em Festa é para mim sinónimo de uma brincadeira que adoro: registar a reação das pessoas à Arte. Não é uma mania nova para mim, não tivesse eu andado metida com essa área na faculdade! Heis os divertidos registos que resultaram desta experiência. 

Mais do que a Arte em si, interesso-me pela relação das pessoas a ela e talvez por isso tenha ido parar à área da Sociologia da Arte. Para quem não sabe, a Sociologia é o campo científico ideal para aqueles que passam a vida a perguntar "por que é que a sociedade funciona desta maneira?", e a Sociologia da Arte anda atrás de respostas como: 
- Por que é que se os museus são gratuítos, não têm a mesma procura que um Portugal em Festa? 
- Por que é que um urinol pode valer tanto dinheiro num museu? 
- Por que é que há uma relação tão estreita entre nível de escolaridade e frequência de espaços culturais? 
- Um artista faz-se com base na formação ou no talento/inspiração? 
- Qual o papel tem a política no meio disto tudo? E a escola?
- Por que é que, depois de mortos, os artistas passam todos a ser um máximo?

Isto é um cheirinho do que foram as reflexões dos meus últimos anos na faculdade, e que, volta e meia, ainda vêm ao de cima com incursões como esta que partilho aqui hoje: 

































Espero que tenham gostado!
Beijinhos, abraços, e muitos palhaços,

Daniela.

14 comentários:

  1. Um conjunto de questões bem interessantes, devo começar por dizer :D
    Adorei os registos, tão pessoais e distintos. De facto, a forma como vemos as coisas é muito diferente, o que torna todo este processo mais mágico.

    r: Também faz ao caso ahahah
    Sentia exatamente o mesmo, mas vais ver que a oportunidade surgirá quando menos esperares. Se pudesse, acompanhava os Expensive Soul para todo o lado, eles são tão incríveis *-*

    ResponderEliminar
  2. Que bonitas fotografias. Ainda não conheço este museu.
    https://retromaggie.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. ótimas fotos. gostei da temática da postagem. beijos, pedrita

    ResponderEliminar
  4. Serralves está a pedir nova visita.
    Já lá não vamos há muito tempo.
    Boa semana

    ResponderEliminar
  5. Obrigado :D

    a Exposição está incrível!

    NEW REVIEW POST | CAUDALIE: THE MIRACULOUS BEAUTY ELIXIR :O
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  6. Questões muito interessantes!!

    https://de-tudo-um-pouco-por-mst.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  7. Confesso que não conheço Serralves.
    A última pergunta é muito interessante, gostaria de saber a resposta.

    ResponderEliminar
  8. Acho sociologia uma coisa incrível, e usei muito na época de faculdade. Achei seus registrou incríveis e gostei da postagem :)

    http://www.biigthais.com

    Beijoos ;*

    ResponderEliminar
  9. As suas questões são as de outras pessoas. Porque é que a sociedade funciona desta forma e não de outra? Mais civilizada? Mais humana? Mais interessada por problemas actuais? Mais culta? Não será uma sociedade instrumentalizada pela máquina do capitalismo? Ou estarei enganada? As pessoas não frequentam museus, mesmo gratuitos, preferem os grandes centros, onde compram coisas que nem precisam. Ou os Museus têm de mudar? comer sopa todos os dias, mesmo sabendo, os seus benefícios, é uma seca! Não sei se me fiz entender. A arte tem de descer às massas. Deixar o pedestal.
    O urinol é tão caro por ser arte conceptual. E ser considerado uma das obras mais representativas do dadaísmo de Marcel Duchamp; A fonte.
    As pessoas com menos escolaridade são mal vistas em espaços culturais , por isso a arte no geral está nas mãos de uma elite que se considera superior. (Cont)

    ResponderEliminar
  10. Amanhã com mais tempo, volto às restantes questões.

    ResponderEliminar
  11. Gostei muito das fotografias e o modo como retratam precisamente as diferentes relações das pessoas com arte :)
    E gostei tanto de saber mais acerca de Sociologia da Arte, parece tão interessante e as perguntas despertam a curiosidade!

    ResponderEliminar
  12. Um artista já nasce artista, a sensibilidade corre-lhe nas veias, pode ter a oportunidade de desenvolver ou não! Se eu tenho pedras preciosas, escondidas em casa, nunca vou partilhar/mostrar com aos outros, é como se não existissem. Logicamente, um artista sem talento, inspiração e trabalho não é artista, é outra coisa qualquer...

    A política tem o dever de apoiar, incentivar e ajudar a erguer! Não pode virar-se permanentemente para a economia!
    Quanto às escolas... andam a infantilizar os miúdos, é como se nunca tivessem saído do jardim de infância.Não se trata de impingir nada mas seduzir para... o mundo da arte é vasto! A escola continua unidade fabril e não sofreu nenhuma alteração, no sentido de se modernizar e acompanhar os tempos...deixa muito a desejar!

    Eu não sei se os artistas só depois de mortos são reconhecidos!? Há muitos que vão recolhendo frutos em vida! Já foi mais assim...penso eu, o mesmo não se pode dizer de uma Paula Rego, Joana Vasconcelos... e há outros nomes e até noutros domínios isso vai acontecendo, as redes sociais serviram como arma de arremesso e difusão!

    Também é preciso não dar voz só ao que se passa nas grandes cidades e o resto? Portugal não é só Porto e Lisboa!

    ResponderEliminar
  13. Gostei bastante do post principalmente porque me fez colocar esta pergunta: Como é que eu nunca fui a Serralves?!
    Digo sempre que tenho de ir, mas depois nunca vou. É um local onde gostaria muito de ir e, não sei o motivo, existe algo sempre que me impede.

    R. Bolas! Que azar, o tempo não vos deu mesmo tréguas! Fico contente por gostares da ideia :)
    Beijinhooo

    ResponderEliminar

Palavreiro(a), vai em frente, partilha connosco as tuas palavras :)